Amazonas Covid-19

Casos de doenças respiratórias já pressionam rede de SPA’s de Manaus

Imagens de Serviços de Pronto Atendimento (SPA’s) lotados na rede pública do Amazonas estão se espalhando pelas redes sociais. Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) confirmou ao Vocativo que elas são reais e que a rede já se econtra sob pressão, não apenas pelo aumento de casos de Covid-19, mas também pelas chamadas Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG’s).

A SES-AM afirmou que os SPA’s “são unidades de porta-aberta, que atendem diversas especialidades, por isso podem enfrentar enventuais picos de lotação. Todos os pacientes são atendidos nas unidades respeitando o protocolo internacional de classificação de risco”.

Após dados epidemiológicos indicarem aumento nos casos de Covid-19, e em função da variante Ômicron, o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 do Governo do Amazonas decidiu nesta terça-feira (07/12/21) suspender a realização de eventos com mais de 3 mil pessoas em território amazonense. 

O Amazonas se aproxima da fase laranja (risco moderado) na transmissão do novo coronavírus (SARS-CoV-2), segundo destaca o boletim da Situação Epidemiológica da Covid-19 no Amazonas, edição número 30 do ano 2, divulgado nesta quarta-feira (08/12/21).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: