Amazônia Covid-19

Covid-19: com baixo reforço na vacinação, internações sobem no Amazonas

Com apenas 29% da população com a primeira dose reforço da vacinação contra a Covid-19, o Amazonas começou e registrar aumento de casos e agora internações pela doença nas últimas semanas, principalmente na capital, Manaus

Com o reforço da vacinação contra a Covid-19 em ritmo lendo, o Amazonas começou e registrar aumento de casos e internações pela doença nas últimas semanas, principalmente na capital, Manaus. Com isso, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) alerta para a importância da vacinação em todo o estado.

A atualização da pandemia no estado consta na nova edição do boletim epidemiológico da doença divulgado na sexta-feira (24/06/2022) e disponível no site da FVS-RCP. Conforme o boletim, a média diária de casos passou de 21 para 70 no Amazonas no período de 14 dias. Na capital, Manaus, a média diária passou de 12 para 55. Já no interior do estado, o dado foi de 9 para 15 casos. Foram 732 casos novos confirmados no período referido de 14 dias, correspondendo a uma taxa de incidência de 17,4 casos por 100 mil habitantes.

A oscilação de casos também refletiu em alterações significativas em hospitalizações. Neste domingo (26/06/2022), entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas e internados em Manaus, há 29 pacientes, sendo 23 em leitos clínicos (2 na rede privada e 21 na rede pública), 6 em UTI (2 na rede privada e 4 na rede pública). Pra se ter uma ideia, no início do mês, eram apenas 5 internados.

A mortalidade, no entanto, segue baixa. No período analisado, foi registrado um óbito no dia 12 de junho. “Trata-se de uma pessoa com 28 anos que, apesar de jovem, tinha doença de imunossupressão. Tinha as duas doses de vacina contra a Covid-19 do esquema primário, mas estava com a dose de reforço em atraso”, detalhou Daniel Barros, diretor técnico da FVS-RCP.

Cobertura vacinal

Ainda conforme o boletim, a cobertura vacinal do esquema primário contra a Covid-19 (2ª dose ou dose única) no Amazonas é de 62%, considerando a população de 5 anos ou mais. Com 1.259.364 doses aplicadas, apenas 29% da população do estado recebeu o primeiro reforço.

Dos 61 municípios do interior do estado, 31% apresentam cobertura de esquema primário menor que 50%, e 52% apresentam cobertura primária entre 50% a 80%. Apenas 18% dos municípios no interior apresentam cobertura maior que 80% com esquema primário, sendo Japurá (165,3%) e Silves (110,6%) os municípios com maior cobertura do estado.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: