Amazônia Covid-19

Covid-19: Amazonas entra na fase laranja após alta de casos

O Amazonas entrou neste sábado (15/01/22) na fase laranja (risco moderado) na transmissão do novo coronavírus (SARS-CoV-2), após aumento na proporção de exames com resultado positivo para Covid-19, que atualmente é de 38%.

Os dados constam no boletim ampliado da Situação Epidemiológica da Covid-19, divulgado na sexta-feira (14/01) e disponível em https://www.fvs.am.gov.br/media/publicacao/____boletim_33_covid_-_19_4.pdf. Conforme o boletim, houve um acelerado aumento na média diária de casos confirmados nos últimos 14 dias (entre 30 de dezembro de 2021 e 12 de janeiro de 2022).

A maior parte do aumento foi identificado em Manaus, que registrava 20 casos diários em 30 de dezembro e passou a registrar 531 casos por dia, na quarta-feira (12/01). No interior do estado, a média diária de casos saltou de 85 para 117 casos por dia (entre 30 de dezembro de 2021 e 12 de janeiro de 2022).

Dos casos de Covid-19 registrados em janeiro de 2022, foi identificada maior ocorrência em mulheres, que representam 59% dos casos. A maioria dos infectados (83%) é de adultos, com idade entre 20 e 59 anos. Além disso, 57% dos pacientes confirmados para Covid-19 não possuem o esquema vacinal básico completo contra a infecção.

Perfil – O aumento dos casos também se refletiu em aumento nas internações em leitos clínicos, mas não em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Atualmente, há 31 pacientes internados em leitos de UTI na rede pública e 4 na rede privada. Em leitos clínicos, há 79 pacientes na rede pública e 17 na rede privada de Manaus.

“O aumento de internações por Covid-19 se deve principalmente ao elevado número de pessoas com esquema vacinal atrasado, ou seja, pessoas que já poderiam ter tomado a segunda dose ou a dose de reforço, mas ainda não se vacinaram. Nós identificamos que muitas pessoas internadas com Covid-19 estão nessa condição, com vacina atrasada”, destaca Daniel Barros, diretor-técnico da FVS-RCP.

Nos últimos 14 dias, a média móvel diária de óbitos apresenta estabilidade, com menos de 2 óbitos por dia.

Coinfecção – O novo boletim ampliado destaca também que o número de casos de coinfecção por Covid-19 e Influenza A subiu para oito, sendo sete casos de Manaus e um em Manacapuru. Dos casos de coinfecção, seis são mulheres. A maioria (75%) é de adultos, com idade entre 20 a 59 anos.

Risco moderado – Com o novo cálculo realizado pela Sala de Análise de Situação de Saúde do Amazonas, coordenada pela FVS-RCP, o Amazonas alcançou a pontuação 10, saindo da fase amarela e avançando para a fase laranja. O estudo leva em consideração a evolução da epidemia e a capacidade da rede de saúde.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: