Amazônia

Cesta Básica de junho teve aumento de 4,17% no Amazonas

Pelo quinto mês consecutivo a cesta básica amazonense apresentou um aumento, de acordo com a pesquisa da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Amazonas (CDC/ALEAM). Em comparação ao mês passado, a cesta de junho de 2022 teve alta de 4,17% chegando ao total de R$ 323,97.

“A cesta básica acumula alta impulsionada pelo preço do petróleo, gás natural e de insumos agrícolas, como fertilizantes, defensivos e da instabilidade no mercado internacional. A cesta básica chegou ao seu maior valor em junho de 2022”, disse o presidente da CDC/ALEAM, deputado estadual João Luiz.

A coleta de dados foi realizada em 10 supermercados, localizados nas zonas Leste e Norte da capital amazonense. Ao todo, 26 itens foram selecionados, sendo que o sabão em pó (+20,32 %), sabão em barra (+17,61%), desinfetante (+14,59%), sabonete (+12,60%), macarrão (+12%) e linguiça calabresa (+11,14%) tiveram alta nos preços.

Na contramão do aumento do valor de alguns produtos, a pesquisa da CDC/ALEAM também aponta que o arroz (-7,84%), cartela de ovos (-5,01%), o sal de cozinha (-4,58%), o detergente (-4,48%), a água sanitária (-4,15%) e o creme dental (-2,25%) ficaram mais baratos. Em junho de 2022, a cesta básica chegou ao valor médio de R$ 323,97, enquanto, em maio deste ano, o preço médio chegou ao montante de R$ 311,00.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: