Amazonas

Após acidente, confederação suspende saltos de pára-quedas em Manaus

A Confederação Brasileira de Paraquedismo suspendeu neste sábado (23/05/2022) as atividades de salto no Aeroclube do Amazonas até o dia 15 de maio. A paralisação acontece até que se conclua a investigação do acidente ocorrido no último dia 15 em Manaus que deixou uma paraquedista de 23 anos morta e um desaparecido.

No último dia 15 de abril, durante a chuva mais intensa em Manaus desde 2020, 14 paraquedistas que estavam em uma aeronave saltaram, sendo que 10 conseguiram pousar, mas quatro tiveram a rota de pouso desviada. Dois homens foram localizados e socorridos em bairros da zona oeste da capital. O corpo da paraquedista Ana Carolina Silva, de 23 anos, foi encontrado, mas Luiz Henrique Cardelli continua desaparecido.

Sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), mais de 70 agentes das forças de segurança seguem as buscas pelo paraquedista. Foi montado um gabinete de crise que segue ativado na sede do do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). A operação ampliou a área de busca até a Ilha das Onças, com início a partir da ponte Phellipe Daou. As equipes seguem adentrando áreas de mata, com equipes do Batalhão de Incêndio Florestal e Meio Ambiente (BIFMA).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: