Entretenimento

Homem-Aranha 3 ganha título; E ainda: coletânea de ‘Os Trapalhões’ chega ao streaming

A Sony divulgou nesta quarta-feira (24/02) o título do próximo filme do Homem-Aranha. O longa vai se chamar “Spider-Man: No Way Home” (algo como Homem-Aranha: Sem o Rumo de Casa), o longa será lançado nos cinemas em 16 de dezembro de 2021. Ainda no universo de super-heróis, o Disney+ revelou que a data de estreia de Loki, terceira série original da Marvel Studios para a plataforma passou de maio para 11 de junho.

Trapalhões no streaming

A NetMovies, plataforma gratuita de streaming, traz a partir desta quarta uma coletânea de clássicos dos Trapalhões, trupe de comediantes formada por Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum e Zacarias. São 32 filmes produzidos entre 1967 e 1999, que contam com participações de personalidades importantes do entretenimento no Brasil, como Xuxa Meneghel, Angélica, Supla, Sandy, Ivete Sangalo, Bruna Lombardi, Tarcísio Meira, Selton Melo, Adriana Esteves etc. Na direção, destacam-se cineastas como J.B. Tanko, Adriano Stuart, Dedé Santana, José Alvarenga Jr, entre outros.

No final da década de 1960 e início de 70, foram lançados os primeiros filmes estrelados por Renato Aragão, que logo se juntou a Dedé Santana e posteriormente a Mussum e Zacarias, formando Os Trapalhões. O grupo, que fez sucesso na TV durante anos e levou milhões de pessoas ao cinema com suas divertidas e criativas comédias, continua sendo lembrado até hoje como referência para o humor no Brasil.

O cineasta José Alvarenga Jr, que dirigiu cinco filmes da trupe, comenta que trabalhar com Os Trapalhões foi uma experiência riquíssima, a começar pelos roteiros que eram preparados com muito cuidado: “Falar dos Trapalhões é uma alegria para mim. Foi uma experiência que me ajudou em trabalhos posteriores. Eles sabiam exatamente o que queriam dizer em cada filme e sabiam a importância da brincadeira no gênero comédia. Havia uma soltura no set. E uma grande responsabilidade sobre o que seria passado para as crianças”. O diretor comenta ainda que depois da estreia sempre ia ao cinema para ver a reação do público: “Eu ia ao cinema, que sempre estava lotado, e era incrível ver o público vibrando, gargalhando, torcendo”, complementa.  

Confira os filmes disponíveis:

Adorável Trapalhão – 1967 

Epitácio é o empregado faz-tudo de um empresário musical, viúvo, com três filhos. Decidido a arranjar uma esposa para o patrão, ele promove a aproximação com a professora das crianças, também aspirante a cantora. Com Renato Aragão

Dois na Lona – 1968 

Os amigos Renato e Ted são mecânicos humildes que namoram duas primas ricas. Bom de luta, Ted é convidado por um empresário de luta livre a entrar no campeonato. Com o objetivo de manipular os resultados da luta final, controladores de apostas sequestram a namorada de Ted. Com Renato Aragão, Ted Boy Marino, entre outros

Bonga – O Vagabundo – 1971 

Bonga vive pelas ruas, sozinho e livre, aplicando golpes ingênuos para comer. Em frente a uma boate, conhece um playboy do qual se torna grande amigo. O rapaz é pressionado pelo pai a casar e, com a ajuda de Bonga, arma um plano para apresentar uma noiva falsa à família. As coisas se complicam e na hora Bonga leva uma amiga que conheceu das ruas e pela qual é apaixonado. Com Renato Aragão, Monique Lafond, entre outros.  

Aladim e a Lâmpada Maravilhosa – 1973

Aladim e Draculin vendem um elixir milagroso com a ajuda de Marina, grande paixão de Aladim. Só que alguns bandidos chegam ao vilarejo, procurando um anel com poderes para fazer funcionar uma lâmpada mágica. Aladim possui o anel sem saber dos poderes mágicos. Quando encontra a lâmpada envelhecida, vê sair dela um enorme gênio, disposto a satisfazer seus desejos. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Monique Lafond, entre outros.

Robin Hood, o Trapalhão da Floresta – 1974 

Robin Hood e seu bando estragam os planos do fazendeiro João Climério de se apossar das terras do irmão ausente. Durante um confronto, Robin é ferido e precisa ser substituído no comando do grupo. É escolhido Zé Grilo, peão modesto e confuso, que ao final desmascara Climério e salva a bela Catarina, pela qual é apaixonado. É auxiliado na missão pelo companheiro William e por uma varinha mágica e uma pena protetora, fornecidas por um índio feiticeiro. Com Renato Aragão, Dedé Santana, entre outros.

Simbad, O Marujo Trapalhão – 1976 

Empregados de um circo, Kiko e Duda, se envolvem em uma grande confusão, quando Kiko é confundido com o trapezista Simbad. O trapalhão é raptado pelos capangas do mágico Ali Tuffi, que já possui o gênio da lâmpada mágica, mas precisa de Simbad para localizar a pedra filosofal com a qual terá fortuna e poder. Na tentativa de ajudar os amigos, Simbad e a namorada Luciana também acabam prisioneiros no navio dos bandidos. Com Renato Aragão e Dedé Santana, entre outros.

Ali Babá e os 40 Ladrões – 1972

Ali Babá não quer saber de trabalhar e vive de sombra e água fresca. Ele fila refeições na casa do irmão Cassim, até o dia em que a cunhada decide colocá-lo para fora de casa. Ele, então, conhece Rosinha, que ficou com paralisia depois de um acidente no trapézio do modesto circo de seu pai. Apaixonado, ele se empenha em conseguir dinheiro para uma cirurgia. É quando descobre um depósito de mercadorias escondidas por 40 ladrões que contém cigarros estrangeiros, uísque, aparelhos de rádio e televisão e muito dinheiro falso. Com Renato Aragão, Dedé Santana, entre outros.

O Trapalhão na Ilha do Tesouro – 1975

Os pescadores Zé Cação e Lula descobrem a muamba de uma quadrilha de contrabandistas e passam a ser perseguidos por eles. No encalço dos bandidos também está o agente federal Carlos, apaixonado pela jovem Diana, dos quais os pescadores se tornam companheiros. Tudo se desenrola na Pensão dos Pescadores, quando chega o pirata Long John Silver, em busca do mapa de um tesouro escondido numa ilha próxima. O mapa, dividido em duas partes, torna-se objeto de perseguições, sendo trocado de mãos ao longo do filme e conduzindo todos até a ilha. Renato Aragão, Dedé Santana, entre outros.

O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão – 1977

Os amigos Pilo e Duka ganham a vida em brigas simuladas nas praças públicas, enquanto Fumaça recolhe apostas. Pensando que são homens corajosos, a jovem Glória contrata os três para uma expedição às minas do Rei Salomão, onde o pai dela, o arqueólogo Aristóbulo, é prisioneiro. Oferece como prêmio um fabuloso tesouro desconhecido do qual ela tem a única pista existente. Pilo logo se apaixona por ela que, no entanto, está interessada em Alberto, também integrado à expedição. Durante a jornada, enfrentam uma bruxa malvada disposta a tudo para impedir que eles cheguem até o tesouro. Com Renato Aragão, Dedé Santana e Mussum, entre outros.

O Cinderelo Trapalhão – 1979

Numa cidade do interior, Cinderelo é um rapaz pacato, desprezado pelos companheiros por andar sujo e ser covarde. Na verdade, é muito corajoso e revela sua força quando uma família de religiosos pede a ajuda do grupo contra um poderoso fazendeiro, o coronel Dourado. O coronel cobiça as terras da família, localizadas em área petrolífera. Ivete, sobrinha do fazendeiro, ajuda os Trapalhões contra os capangas comandados por Souza. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum e Zacarias, entre outros.

O Rei e os Trapalhões – 1979

Em uma cidade do Leste, o trono do jovem rei Amad é usurpado pelo malvado Vizir Jafar. O rei está preso e na prisão conhece os famosos ladrões do reino: Abdul, Abel, Abol e Abil. Com a ajuda desses ladrões, o rei foge e, durante a fuga, conhece a princesa Alina, pela qual se apaixona apaixonadamente. O Vizir possui poderes mágicos, enfrentados pelos heróis com a ajuda do gênio de uma lâmpada encontrada por Abdul. Com a ajuda do gênio, os quatro amigos são transportados para o século XX, onde causam muita confusão e acabam sendo presos. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum e Zacarias, entre outros.

O Incrível Monstro Trapalhão – 1980

Os Trapalhões trabalham como mecânicos em um autódromo. Jegue também faz pesquisas em um laboratório, visando desenvolver um combustível mais eficiente. Destas misturas, ele obtém uma poção que o transforma em um homem monstruoso, com uma força descomunal. Graças a este artifício, Jegue combate os golpes baixos de um concorrente nas pistas de corrida. Afinal, ele inventa um combustível que substitui o petróleo, o que faz com que receba ofertas de vários governos estrangeiros. Jegue não aceita as propostas e escolhe manter a fórmula no Brasil. Contrariados, árabes tentam roubar a invenção sequestrando Ritinha, a namorada de Jegue. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum e Zacarias, entre outros.

Uma Escola Atrapalhada – 1980

Uma imobiliária deseja construir um supermercado no lugar do tradicional colégio Matheus Rose. A proposta desencadeia uma onda de desconfiança entre os alunos, principalmente em relação à chegada de seus novos companheiros de classe. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, Angélica, Gugu Liberato, Selton Mello, Supla, entre outros.

O Mundo Mágico dos Trapalhões – 1981

A trajetória e a obra de quatro dos maiores humoristas da história brasileira: Didi, Dedé, Mussum e Zacarias, os Trapalhões. Por meio de depoimentos de colaboradores e admiradores e cenas de filmes e de programas de TV protagonizados pelo grupo, o documentário realiza uma retrospectiva biográfica da carreira desses grandes personagens do Brasil. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum e Zacarias, entre outros.

Os Saltimbancos Trapalhões – 1981

Funcionários humildes, os amigos Didi, Dedé, Mussum e Zacarias se tornam a grande atração do circo Bartolo, graças à sua incrível capacidade de fazer o público rir. Mas o sucesso tem um preço: a oposição do mágico Assis Satã e a ganância do Barão, o dono do circo. Juntos, os quatro amigos precisarão combatê-los. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, entre outros.

Os Vagabundos Trapalhões – 1982

O vagabundo Bonga, seus três amigos e sua namorada Loló cuidam de crianças abandonadas no interior de uma caverna, na periferia de uma cidade. Um dia, o menino rico Pedrinho, frustrado com a indiferença do pai, foge e vai morar junto com Bonga e seus amigos. O pai, um poderoso industrial, oferece uma grande recompensa para quem trouxer o filho de volta. Bandidos interessados no dinheiro fazem de tudo para raptar o menino. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, Edson Celulari, Louise Cardoso, entre outros. 

Os Trapalhões na Serra Pelada – 1982

Os amigos Curió, Boroca, Mexelete e Bateia aventuram-se em busca de ouro no garimpo de Serra Pelada. A região é controlada pelo estrangeiro Von Bermann, cujas ordens são executadas pelo capanga Bira. Sedento por poder, o gringo contrabandeia o ouro e deseja apoderar-se das terras do brasileiro Ribamar, que se recusa a fazer negócio antes da chegada do filho Chicão. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, Louse Cardoso, entre outros.

O Cangaceiro Trapalhão – 1983

Severino do Quixadá, um pastor de cabras, salva Capitão e seu bando de cangaceiros de uma emboscada do tenente Bezerra. Na confusão, os amigos Mussum e Zacarias fogem da cadeia e todos se encontram no esconderijo dos cangaceiros, onde Gavião é homem de confiança do chefe. Observando sua semelhança com Severino, Capitão lhe dá uma missão, que acaba revelando-se uma emboscada. Com a ajuda de Aninha, sobrinha do prefeito, conseguem fugir e, no caminho, encontram uma misteriosa bruxa-fada.  Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, Bruna Lombardi, Cininha de Paula, Tarcísio Meira, entre outros.

O Trapalhão na Arca de Noé – 1983

O faxineiro de zoológico Duda e os amigos Kiko e Zeca formam um grupo de proteção aos animais. Por isso, são convocados pelo místico Noé para uma missão de salvamento da fauna e flora do Pantanal. A área está ameaçada de extinção por causa da exploração dos contrabandistas de pele Morel e seu capataz. Eles aceitam a missão e no caminho encontram o arqueólogo Marcos e a fotógrafa Carla em busca de uma pirâmide deixada no local pela civilização fenícia. Com Renato Aragão, Sergio Mallandro, Xuxa Meneghel, Milton Moraes, Gracindo Júnior, entre outros.

Os Trapalhões e o Mágico de Oroz – 1984

Desesperados com a falta de comida e a miséria no Nordeste, os amigos Didi, Sóro e Tatu partem para a cidade. No caminho, encontram um Espantalho abandonado que deseja possuir um cérebro. Seguindo, descobrem o Homem de Lata, cujo problema é a falta de um coração. Juntos chegam à cidade de Oroz, castigada pela seca e a tirania do coronel Ferreira, em relação ao qual o Delegado Leão não toma nenhuma atitude, pois é covarde. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, Xuxa Meneghel, Toni Tornado, entre outros.

Os Trapalhões no Rabo do Cometa – 1986

Uma viagem no tempo, contada em forma de desenho animado, com caracterizações dos Trapalhões. Eles começam o filme no Teatro Scala, no Rio de Janeiro, recebendo no palco Maurício de Sousa. A partir daí, entra a história em desenho animado, na qual Os Trapalhões são perseguidos por um bruxo desde a época do Império Romano até os dias atuais, passando pela Idade Média, Velho Oeste e a Primeira Guerra Mundial. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, Maurício de Sousa, entre outros.

Os Trapalhões no Auto da Compadecida – 1987

Na pequena cidade de Taperoá João Grilo e Chicó vivem armando confusões, afrontando um sacristão humilde e um padeiro. Todos vivem sob os desmandos do bispo, do padre e do major. Até que, num ataque à cidade, todos morrem pelas mãos do cangaceiro Severino e precisam enfrentar um julgamento no céu, que coloca todos diante de Deus e da Virgem Maria. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, Raul Cortez, Cláudia Jimenez, entre outros.

Os Fantasmas Trapalhões – 1987

Os amigos Didi, Dedé, Mussum e Zacarias ganham a vida vendendo artesanato à beira da estrada. Eles são surpreendidos por uma perseguição de carros, que resulta em um acidente. O grupo socorre o velho Giovanni, que estava no acidente, que antes de morrer revela o esconderijo de uma fortuna, que na verdade é o dinheiro que fora roubado de um banco na Itália. Com a ajuda do delegado Augusto, eles partem em busca da quantia. Só que eles não contavam que o esconderijo era um castelo mal-assombrado e que os bandidos iriam em seu encalço. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, Gugu Liberato, entre outros

Os Heróis Trapalhões – Uma Aventura na Selva – 1988

Em plena Amazônia um homem sedento por poder sequestra a filha do Ministro do Exército, no objetivo de fazer uma série de exigências. Presos por terem se apropriado de um tanque do exército, Didi, Dedé, Mussum e Zacarias são enviados em uma missão de resgate. Eles recebem a ajuda da indianista Maia, que apresenta a Didi um xamã indígena que lhe entrega sementes mágicas que o fazem voar. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, Luma de Oliveira, Angélica, entre outros.

O Casamento dos Trapalhões – 1988

Quatro irmãos, Didi, Dedé, Mussum e Zacarias, são caipiras que vivem na área rural. Didi vai até uma cidade próxima e, após entrar em uma briga com Expedito, conquista Joana, que o segue até o seu rancho. Eles resolvem se casar, apesar dela não se sentir muito à vontade com a presença dos seus irmãos, que são bem pouco educados. Quando Joana consegue melhorar o jeito deles, Didi diz que recebeu uma carta da irmã perguntando se os filhos dela podem ficar no rancho, pois vão cantar e tocar na festa do rodeio da cidade. Joana fica animada, principalmente quando os irmãos e sobrinhos de Didi arrumam namoradas e todos vão para o rancho. Mas Expedito descobriu que eles moram no Vale Profundo e organizou um grupo para atacar o lugar. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, José de Abreu, Gugu Liberato, entre outros.

A Princesa Xuxa e os Trapalhões – 1989 

O diabólico Ratam assume o poder do planeta Antar, após a morte do imperador local, e ordena que todas as crianças sejam capturadas para trabalharem como escravas. Mantida sempre dentro do palácio, a Princesa Xeron acredita que o povo de seu reino está feliz e que tudo está correndo bem. Enquanto isso, do lado de fora, os príncipes Mussaim, Dedeon e Zacaling se unem ao Cavaleiro Sem Nome (Renato Aragão), para que juntos possam derrotar Ratam. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, Xuxu Meneghel, entre outros.

Os Trapalhões na Terra dos Monstros – 1989

Em um programa de televisão Angélica, a filha de um empresário que aspira ser cantora, acaba ganhando o seu “sonho maluco”, que é gravar um videoclipe no alto da Pedra da Gávea, no Rio de Janeiro, com o Grupo Dominó. O pai a proíbe de ir, então ela foge com o namorado para a Pedra da Gávea. Quando o pai dela fica sabendo, ordena que Didi, Dedé, Mussum e Zacarias a achem em três dias ou chamará a polícia. Tentando encontrá-la, o quarteto cai num buraco na Pedra da Gávea que é povoado por estranhas criaturas, algumas boas, os Grunks, e outras más, os Barks. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, Angélica, Gugu Liberato, entre outros.

Os Três Mosqueteiros Trapalhões – 1990

Os namorados Fernanda e Duque vivem um romance proibido pelo pai dela, mas consentido pela mãe. Com a cumplicidade dos empregados da mansão, justamente os Trapalhões, a mãe empresta ao rapaz um colar de esmeraldas para ser penhorado e servir de investimento em um novo negócio. A joia acaba caindo na mão de bandidos e precisa ser recuperada em um curto espaço de tempo. Os Trapalhões são enviados em missão de resgate, enfrentando agiotas e contrabandistas desde o Amazonas até Foz do Iguaçu. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Zacarias, entre outros

Os Trapalhões e a Árvore da Juventude – 1991 

Didi, Dedé, Mussum e Zacarias são guardas-florestais que trabalham em plena Amazônia, onde combatem a ação de contrabandistas com a ajuda de Juliana, uma bela engenheira. Entre várias confusões enfrentadas pela trupe, eles acabam encontrando a fonte da juventude e dela bebem, tornando-se novamente crianças. Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum, Cristiana Oliveira, entre outros

O Noviço Rebelde – 1997 

Em uma pequena cidade do Ceará, um temporal destrói a igrejinha do local. Um noviço, que sonha em conseguir dinheiro para a reconstrução, tem de fugir do local pois um “coronel” acha que ele sabe sobre um mapa, que diz a localização de um grande tesouro. Na verdade a mulher do “coronel” passou para o noviço este mapa sem ele saber. O noviço vai trabalhar no Rio de Janeiro, onde toma conta dos cinco filhos de um empresário viúvo. Em pouco tempo as crianças passam a adorá-lo e ele pede ao seu patrão que contrate uma jovem do Ceará para ajudá-lo. Logo patrão e empregada estão envolvidos. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Tony Ramos, Patrícia Pillar, Sandy, entre outros.

Simão, O Fantasma Trapalhão – 1998

Um milionário e sua mulher compram um castelo assombrado, pois querem um fantasma só deles. Assim, nas férias vão com os netos conhecer a propriedade, mas Didi e Dedé, os dois motoristas da família, não gostam nada da situação. Tudo realmente piora quando Didi provoca Simão, o fantasma do castelo, que faz então suas primeiras aparições. No entanto Didi e as crianças continuam a provocá-lo, mas Virgínia, a neta mais velha, não aprova esta atitude e quando se depara com Simão pede desculpas pelo comportamento dos outros. Assim Simão e Virgínia tem uma pequena conversa na qual ele diz que há dois séculos não dorme e que só conseguirá sua libertação se alguém encontrar o tesouro que está escondido no castelo. Em razão disto Virgínia promete que o ajudará. Na primeira oportunidade Virgínia apresenta Simão para Didi, Dedé e as crianças e explica para todos a situação. Paralelamente Didi se apaixona por Estrela, que guarda um imenso segredo. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Angélica, Ivete Sangalo, entre outros.

O Trapalhão e a Luz Azul -1999 

David, um cantor de rock, e Didi, seu ajudante de palco, são magicamente transportados para um mundo distante, onde todos seus conhecidos vivem com outras identidades. Eles partem para ajudar a Princesa Allim, que lhes pede ajuda para enfrentar o malvado Vizir, que pretende se casar com ela para se tornar o novo rei local. Com Renato Aragão, Dedé Santana, Adriana Esteves, Danielle Winits, Rodrigo Santoro, entre outros.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: