Esportes

Episódio de racismo marca 26ª rodada do Brasileirão

Continuando a 26ª rodada do Brasileirão, o Vasco conquistou, na tarde deste domingo (20), uma vitória fundamental na corrida contra o rebaixamento. Em São Januário, os cariocas venceram o Santos por 1 a 0. Com o resultado, o Cruzmaltino chegou aos 28 pontos e se mantém na 17ª posição. Já o Peixe tem 38 e aparece na oitava colocação.

O Athletico-PR foi até o Nabi Abi Chedid, na tarde deste domingo (20), e venceu o Red Bull Bragantino por 1 a 0. Com o triunfo fora de casa, o Furacão soma agora 31 pontos e aparece na 12ª posição. Já o Massa Bruta tem os mesmos 31 pontos e é o 13º colocado.

O Ceará venceu o Fortaleza por 2 a 0, chegou 35 pontos e pulou para a nona colocação. Já o Tricolor caiu para o 14º lugar, com 30 pontos.

Flamengo e Bahia fizeram um dos melhores jogos do campeonato até aqui. Melhor para o Rubro-Negro, que mesmo com um a menos saiu da campo com a vitória por 4 a 3. Bruno Henrique, Isla, Pedro e Vitinho anotaram os gols da equipe carioca. Enquanto Juan Ramírez e Gilberto (x2) marcaram para o Tricolor. Com o triunfo, o Flamengo chegou aos 48 pontos e assumiu a vice-liderança. Já o Esquadrão é o 16º colocado, com 28 pontos somados.

https://webmasters.onlinebettingacademy.com/assets/js/webmasters.js https://webmasters.onlinebettingacademy.com/assets/js/webmasters.js

Racismo

Logo após o Bahia marcar o primeiro gol no Maracanã, o meio-campista Gerson se revoltou com Ramírez. O camisa 8 do Flamengo estava visivelmente irritado com o jogador colombiano. Durante entrevista após o jogo Gerson acusou Ramírez de racismo e criticou o técnico Mano Menezes.

“Eu tenho vários jogos pelo profissional e eu nunca vim na imprensa falar nada até porque eu nunca sofri esse preconceito e nunca fui vítima nenhuma vez, mesmo sendo eliminado de Libertadores, Copa do Brasil, eu nunca sofri esse preconceito. Depois ali o Mano até falou: ‘agora você é vítima, né. O Daniel Alves te atropelou e você não falou nada’. Claro, porque teve respeito. Eu e ele. O Ramirez – acho que foi quando a gente tomou o segundo gol, não lembro – o Bruno Henrique fingiu que ia chutar e ele reclamou com o Bruno. Fui falar com ele e ele falou bem assim para mim: ‘cala a boca, negro’. Eu nunca falei nada disso, porque eu nunca sofri, mas isso eu não aceito. Nunca falei de treinador, mas o Mano precisa saber respeitar. Estou vindo falar aqui em meio de todos os negros que existem no Brasil”, disse Gerson.

Após a partida, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, fez um pronunciamento oficial sobre a ofensa racista a Gerson. “A gente está feliz com o resultado esportivo, mas muito infeliz por um fato que ocorreu dentro do campo relatado pelo Gerson em que sofreu uma… eu acho que a gente tem até dificuldade de falar. Ele sofreu uma ação de racismo dentro de campo, relatou isso para a imprensa, e o Flamengo, como instituição, como instituição centenária, vem se colocar à disposição do atleta, ao lado do atleta, e mais do que isso, peço a profunda apuração desse episódio que é infeliz, ele sempre foi infeliz, só que, infelizmente, é contundente no mundo de hoje. O Flamengo está ao lado do atleta, com o atleta, e pede uma profunda investigação sobre o relatado e as acusações [feitas] pelo atleta do Flamengo”., afirmou o dirigente.

Após a partida, o Bahia anunciou a demissão do técnico Mano Menezes e afirmou que vai se posicionar em breve sobre a denúncia de injúria racial do jogador Ramírez após finalizar a apuração do caso.

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: